7 dezembro, 2020

Crescimento exponencial da Certificação Cadeia de Custódia RTRS em 2020

Em 2020 67 novos locais foram certificados pelo Padrão Cadeia de Custódia, eles estão situados na Alemanha, Argentina, Brasil, França, Índia, Países Baixos e Paraguai. Entre eles há 19 portos. No total, até o presente, há 122 locais certificados para receber, processar e comercializar soja física certificada RTRS[1].

Em 2020, 67 novos locais certificaram Cadeia de Custódia RTRS para a comercialização de Balanço de Massas e/ou Segregado, incluindo, em alguns casos, o alcance não-OGM RTRS. O significativo aumento da demanda de certificação Cadeia de Custódia RTRS durante este ano e o crescimento do número de locais certificados está relacionado com o progressivo fortalecimento do sistema de abastecimento de soja sustentável, que entre os anos 2011 e 2019 abrangia 16 organizações e 55 sites (incluindo seis portos).

Após o recorde de certificações Cadeia de Custódia RTRS registrado e informado no mês de setembro deste ano, 38 novos locais foram certificados[2].

A ADM certificou a Cadeia de Custódia de um total de quatro locais (ADM Hamburg AG, ADM Mainz GmbH, ADM Europoort BV e ADM International SARL): um escritório comercial em Rolle, Suíça e três plantas que compreendem armazenamentos, processadoras e seus portos, localizados em Hamburgo e Mainz, na Alemanha, e em Rotterdam, Países Baixos.

Na América Latina, no Brasil, a Cargill Agrícola S.A. certificou um total de 26 locais, que se somaram aos 17 locais que foram recertificados em agosto de 2020. Desta forma, a organização possui 43 locais certificados: quatro unidades de processamento em Barreiras (Bahia), Rio Verde (Goiás), Primavera do Leste (Mato Grosso) e Uberlândia (Minas Gerais); uma unidade de transbordo em Caipoania (Goiás); três terminais portuários: Porto Miritituba (Pará), Porto Santarém (Pará) e Porto Itaqui (Maranhão); além de 39 depósitos nos estados da Bahia, Distrito Federal, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Rondônia e Tocantins. Por sua vez, Cargill Uruguay S.A. certificou Cadeia de Custódia Balanço de Massa, de seu local localizado em Nueva Palmira que inclui um depósito e o terminal portuário Corporación Navíos S.A.

Também a Bunge Alimentos S.A. certificou cinco locais que representam quatro plantas processadoras localizadas em Jaguaré (São Paulo), Luziânia (Goiás), Dourados (Mato Grosso do Sul), Poço Grande, Gaspar (Santa Catarina) e um porto em Paranaguá (Paraná). A General Mills Brasil Alimentos Ltda, por sua parte, certificou a Cadeia de Custódia – Segregação RTRS da sua unidade de Pouso Alegre (Minas Gerais) na fabricação de bebidas à base de soja, que contempla o processamento da soja, formulação, tratamento térmico e envase da bebida.

Com estes novos locais certificados, que vem se somar à lista, no total, até este momento, são 122 os locais certificados para receber, processar e comercializar soja física certificada RTRS, incluindo 25 portos na Alemanha, Argentina, Brasil e Paraguai.

O sistema Cadeia de Custódia RTRS se consolida, e não se trata de um acontecimento avulso, ele é o resultado de um processo constante ao longo de uma década. As diversas organizações que adotaram o sistema de créditos RTRS desde a primeira certificação em 2011 (Arla, Unilever, Forfarmers, Agrifirm; desde 2017 Lidl, para nomear alguns) consolidaram o crescimento da produção, comércio e uso de soja responsável RTRS. Esta abordagem permitiu o desenvolvimento sustentável de diversas regiões do mundo, gerando as condições para que o sistema de Certificação por Cadeia de Custódia se expandisse e consolidasse a estrutura para receber, processar e comercializar a soja física RTRS (Balanço Nacional de Materiais; Balanço de Massas e Segregação).

Confira a lista completa das organizações certificadas por Cadeia de Custódia RTRS aqui.

 

  1. Os dados apresentados correspondem aos levantados até o dia 3 de decembro de 2020.
  2. O critério para organizar e apresentar as organizações e suas respectivas certificações responde a razões estritamente comunicacionais e informativas. Assim, referimo-nos às organizações certificadas durante o período de outubro até o dia 3 de decembre 2020 conforme a data de certificação, da mais atual para a menos atual, e por continente.
22 novembro, 2021
La membresía de RTRS
5 novembro, 2021
A RTRS apresenta TRUST
22 outubro, 2021
Aviso de Votação
Este site usa cookies para deixar a sua experiência de navegação mais eficiente e agradável.
Leia a nossa Política de Privacidade e Cookies para saber mais detalhes. Ao clicar em "concordar", presumimos que você permite o uso desses cookies.